Sobre o Autor


Pedro Ferreira, 20, é estudante de Engenharia Elétrica na Universidade de Brasília (UnB). Flamenguista em tempo integral, divide seu tempo livre entre futebol, indie rock, cinema, computação, matemática e política.

Sobre o Blog


Esse blog é mantido como um projeto pessoal do autor, alimentado por publicações pontuais baseadas em ponderações espontâneas, sem nenhuma periodicidade ou tema unificador.

O objetivo desse espaço é colocar em evidência os assuntos e as perspectivas abordadas, incentivando reflexão e discussão. Assim, a interação dos leitores - por meio de comentários, de sugestões de temas para publicações futuras ou até mesmo do envio de posts com novas abordagens - é fortemente incentivada e muito bem vinda. Ressalto que as publicações desse espaço se tratam de considerações pessoais sobre alguns eventos, não devendo ser tomadas, de forma alguma, como verdades absolutas.

Sobre a “Linha Editorial”


Apesar da ausência de um tema unificador, acredito que assuntos como futebol, cinema e televisão, educação e política vão aparecer de forma recorrente por aqui.

Assim, por questões de transparência, aproveito para já esclarecer questionamentos que acredito que aparecerão ao longo das publicações:

  • Futebol: O autor é rubro-negro. Quando aplicável, perdoem o clubismo.

  • Cinema e Televisão: Caso qualquer filme/série tenha sido avaliado com um determinado número de estrelas (entre 0 e 5), essas estrelas devem ser interpretadas como a propensão do autor de recomendar que assistam esse filme. Dessa forma, o número de estrelas não indica um valor absoluto, mas sim um valor relativo em relação à outros filmes do mesmo gênero e de anos próximos. Qualquer publicação sobre o assunto tem intenção apenas de registrar impressões pessoais, não devendo ser tomada como uma análise ou crítica formal.

  • Política: O autor adverte que simpatiza com a prática de políticas públicas de cunho liberal, que visam reduzir a interferência do estado e aumentar a autonomia e a independência do cidadão nas esferas econômicas e sociais, entretanto sem aderir dogmaticamente a nenhuma corrente de pensamento, de forma em que as abordagens de alguns assuntos podem divergir significativamente desses princípios.